terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Beber chá

Chá, para mim, tem que ser bem quente, pois só assim serve um dos seus grandes propósitos (para mim), que é aquecer-me e confortar-me. Bebo chá todos os dias (sempre bem quente). Levo num termos para o trabalho. Se entretanto acaba, faço mais mesmo lá. Além disso, geralmente, todas as noites, bebemos os dois um chá, no sofá, por entre mantas, e enquanto vemos um filme.
É quentinho e aquece a alma!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Do fim-de-semana #6

Primeiro, um pequeno aparte: Ao começar a escrever este post, apercebi-me de que, ultimamente, têm sido mais as publicações acerca "do fim-de-semana", o que, claro, está intimamente relacionado com o fato de eu agora ter sempre os fins-de-semana em casa, como o normal dos trabalhadores! Adiante...
Foi um fim-de-semana bem descansado. Deu para dormir até tarde (até às 11h e às 10h), cozinhei comidinhas boas e novas, passamos algum tempo de qualidade a dois, mas também a três. Se, no sábado, fomos os dois esplanar para a praia e experimentar a nova cerveja artesanal açoriana,  a Korisca, debaixo de um sol maravilhoso, no domingo, já foi dia de muita brincadeira, café a três e de passeio até à Fábrica de Chá da Gorreana, com direito a gelado de chocolate para a criança, seguido de um belo chá verde quente para todos. 
Mais um fim-de-semana bem aproveitado, em que o tempo até ajudou aos nossos programas.
 
 
 
 
 
 
 
 

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Vou ser tia... again...

Vou ser tia... x2... e não são gémeos 😊😊
.: happy happy happy :.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Pensamento do dia

Não consigo ser assim tão drástica, pois sabemos muito bem que há modas que voltam; no entanto, se tenho peças de roupa, ou malas e outros acessórios, que não uso há uns 4 anos, aí sim, desfaço-me deles e ponho de parte para dar. E isso não me custa nada, porque sei que já dei o devido uso àquela peça e que, se já não a uso e está em bom estado, será muito mais útil para outra pessoa. Daí que, apenas das limpezas e arrumações do fim-de-semana passado, tenha ido deixar mais dois sacos à igreja onde casei, pois tem um recipiente para o efeito logo à entrada.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

4ever

Happy Days! Happy Living!
Love you💑
.: 4 meses :.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

home alone #2

Assim foi... Tal como prometido (a mim mesma). Casa limpa e organizada, e muitos, muitos sacos de lixo porta fora, além de algumas roupas e brinquedos para dar. Sábado foi o dia dedicado à limpeza propriamente dita, desde lixívia para limpar algumas zonas, a muito líquido limpa tudo e que foi mesmo usado para limpar tudo, desde pó a janelas e portas. Casas de banho e cozinha igualmente limpas e desinfetadas. Casa aspirada, lavada e bem arejada. Camas com lençóis lavados. Máquinas de roupa estendidas e recolhidas. Domingo foi dedicado à minha parte preferida: organização e arrumação, por divisões da casa. Nas casas de banho, muitos produtos e produtinhos de higiene e maquilhagem (que nunca uso) para o lixo. No nosso quarto, todos os armários e gavetas arrumados; no quarto do Diogo, muita seleção e arrumação de brinquedos (maioritariamente carros), alguns escolhidos para dar, pois já não brinca com eles; no escritório, arrumação de muita papelada, além de reorganização de estantes; no quarto de máquinas e dispensa, apenas um pequeno ajuste às coisas, pois estava tudo direito; na cozinha, limpeza de frigorífico e congelador, limpeza de todos os armários, gavetas e balcões. Cansada e com dores de costas ao final dos dias, mas muito satisfeita com esta minha limpeza de início de ano. Podia fazer vida disto com muito gosto (apenas da parte da arrumação e organização) e era uma mulher feliz!😊
Mas nem só de trabalho se fez o fim-de-semana. Ainda houve tempo para brincar à bola com a Sushi, experimentar uma nova receita de brownies de chocolate e manteiga de amendoim, e jantar sábado com as amigas e domingo com a família.
E, claro, muitas saudades dos homens da casa, que, apesar de tudo e de nada, são os meus Amores e, sem eles, a casa e eu ficamos vazias...

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

home alone #1

E lá foram os meus dois meninos de visita ao Alentejo. Em casa, ficam as duas meninas. Prevejo um fim-de-semana de muito sossego (sonoro), mas também de muita limpeza e arrumação. Vai descer em mim uma dona de casa aprumada e cheia de energia, para fazer coisas que não se consegue quando os homens da casa andam por ali, tais como arrumação e organização de papelada e brinquedos. Just watch me!
Mas não só de arrumação e limpeza se faz um fim-de-semana (ou melhor, quatro dias). Há ainda lugar para um jantarinho com as girls. Também se prevê muito descanso e estendimento de corpinho no sofá, a ver os meus filmes e séries, sem qualquer tipo de interrupção para limpar rabos alheios ou cozinhar almoço e jantar, que esta aqui sobrevive muito bem sozinha a cereais e pãozinho. 

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Pipocas!!

Com manteiga 😋 nham nham

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Da lua-de-mel #12

Last day... A long day!
Dia de viagens. Dia de aeroportos. Dia de dormir às prestações.
Como chegamos muito cedo ao aeroporto de Colombo, não estranhamos não haver ainda balcão designado para o check-in, pelo que nos abancamos por ali; no entanto, passado já muito tempo e nada, começamos a estranhar. O Marco foi tentar saber informações. Então o que se passa é o seguinte: como vamos viajar na Sri Lankan Airlines, podemos fazer o check-in quando quisermos e onde quisermos. What?! Querem dizer-me que estivemos todo este tempo sentados no chão, encostados a uma coluna, quando já poderíamos estar despachados há muito tempo?! Enfim… Fizemos check-in e passamos para as filas intermináveis de controlo de passaportes. Depois de finalmente passarmos, vamos imediatamente para outra fila, da segurança (já é a 3ª vez que passamos nas máquinas de segurança aeroportuária). Claro que com todo este empate, já não conseguimos ir até às lojas (ficamos com o equivalente a 10€ por gastar). Fiquei tão ruim com isso! Depois de passar na segurança, passamos para a porta de embarque e aí aguardamos mais um pouco.
O voo saiu a horas, à 1h30 da manhã. Foram mais 10h30 de viagem, mas que se passaram muito bem. O avião é enorme e ainda tivemos a sorte de ficarmos os dois sozinhos numa fila de quatro lugares, ou seja, duas cadeiras para cada um, o que deu um jeitão para nos estendermos um pouco. Vi dois filmes e duas séries e ainda dormitei um pouco. As refeições são muito boas e servidas quentes, e, ao longo do voo, vão sempre oferecendo sandes e água. Trouxe comigo duas mantas da companhia aérea. São de algodão fino, ideais para a primavera ou para uma noite de verão mais fresca.
Chegamos a Paris, ao aeroporto Charles De Gaulle, às 9h da manhã, hora local. Damos logo pela enorme diferença de temperatura. Chegamos de calções e t-shirt e aqui vemos toda a gente já com roupas quentes. Visto o meu casaquinho e tapo-me com a écharpe, mas continuo cheia de frio, em especial nas pernas. Levantamos a bagagem e apanhamos de seguida um autocarro de ligação com o aeroporto de Orly, a pouco mais de 1h de distância. Pagamos os dois 42€! Um roubo. Até nisto se vê como esta cidade é cara.
Chegados a Orly, tomamos o pequeno-almoço e vou direitinha à Mango ver se compro umas calças, pois não tenho nenhumas. Compro umas jeggings de ganga azul escuras e já saio da loja com elas vestidas. Sinto-me outra, bem mais confortável.
Para não haver mais surpresas, dirigimo-nos de seguida ao balcão da TAP e conseguimos transferência para um voo mais cedo. Saíamos de Paris às 16h10 e conseguimos passar para um voo que sai às 14h10. Excelente! Fazemos logo o check-in e vamos para a zona das portas em embarque. Muitas lojas de duty free e aproveitamos para comprar umas “coisas boas” para o nosso Quiquinhas (tantas saudades do nosso menino!).
Voo para Lisboa com duração de 3h. Chegados a Lisboa, recolhemos as malas e, como ainda temos muito tempo até ao nosso voo (só sai às 21h40), deixamos a bagagem no depósito do aeroporto, e vamos até ao Centro Comercial Vasco da Gama, passear um pouco, almoçar e, quem sabe, fazer umas comprinhas. Entramos em algumas lojas. Desgraço-me na nova loja da Vans e compro uns ténis bota amarelos lindos, da nova coleção. Por sua vez, o Marco desgraça-se na loja da Nike. Fomos até à C&A e compramos umas coisas para o Diogo. Comemos no McDonald’s e regressamos cedo ao aeroporto.
Fazemos logo o check-in, mesmo antes de o balcão estar aberto para o nosso voo, e entramos para a zona das portas de embarque. Ainda bem. Assim evitamos a confusão e o frio do Terminal 2. Vamos para um cantinho mais sossegado até à hora do voo e jantamos novamente no McDonald’s (é para compensar o que nunca vamos na ilha). 
Este último voo, o mais curto, de apenas 2h, foi o pior de todos. O avião está um gelo, muito barulho, e nós estamos super cansados. Chegamos a Ponta Delgada perto das 00h e seguimos para casa. Dormir. É muito bom viajar, mas é também muito bom regressar a casa e às nossas coisas e às nossas pessoas. No dia seguinte vamos ter com o nosso menino. Saudades muitas!
 
 
 
 
 07.10.2016

Dia Internacional do Riso

Há lá coisa melhor do que rir?!
Rir é (mesmo) o melhor remédio😃
 
 
 
 
 
Sejam felizes!

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Do fim-de-semana #5

Sempre que conseguimos, aproveitamos os fins-de-semana para darmos uns passeios com as crianças da casa, seja para mais longe de casa, como Furnas ou Sete Cidades, seja para mais pertinho. O objetivo é que se divirtam e sítios onde possam estar os dois à vontade, já que uma das crianças tem 4 patas. Este fim-de-semana, no domingo, fomos primeiro tomar café ao Areal de Santa Bárbara, mas como estava vento, saímos de lá em busca de um sítio pertinho e mais abrigado. Fomos então até à cascata do Salto do Cabrito. A Sushi por lá andou na água a dar mergulhos e a apanhar paus, e o Diogo, claro, esteve a brincar à beira de água com os seus carrinhos. Ficamos por lá um pouco e depois regressamos a casa para a hora do lanche.
 
 
 
 

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Verdade verdadinha

Acabei de ler esta frase no blog Chá Verde, da querida CS, mãe tal como eu, e adorei. Partilho com vocês...

"Às vezes tenho que trocar este cérebro de adulto por um de criança para perceber o verdadeiro sentido da felicidade."
............................

Cozinhados #16

Fim-de-semana para nós, lá em casa, além de sinónimo de descanso, significa também maior disponibilidade e paciência para estarmos na cozinha, uma coisa que ambos, graças a Deus, gostamos bastante (não entra para aqui o fato de ter que cozinhar, por obrigação, praticamente todos os dias). Ora, este fim-de-semana não foi exceção. Normalmente, um de nós cozinha à sexta e o outro ao sábado, e, por vezes, também há uma sobremesa pelo meio (temo-nos esforçado nos treinos). Normalmente, não cozinho à sexta, a não ser que seja algo rápido e simples, pois já só chego a casa pelas 19h30. Portanto, na sexta-feira, cozinhou o M. uma receita que tínhamos visto no programa de culinária Siba's Table (carregando no link não só têm a receita escrita como o vídeo retirado do programa). As massas ficaram ótimas e parece-me ser um prato ideal de verão, para um almoço ou jantar no alpendre, pois tem um aroma e sabor muito frescos - Penne com Frango e Pesto:
Sábado foi então a minha vez de cozinhar o prato da noite, e, para não variar, lá fui eu pesquisar um dos meus blogues favoritos em termos de culinária - As Minhas Receitas, da Joana Roque (no link têm a receita original tal como a fiz). O prato escolhido foi uma receita mexicana, uma novidade para mim, pois o chef mexicano lá em casa costuma ser ele. Fiz então Tortilhas Recheadas no Forno, com carne de novilho picada, acompanhadas de nachos de queijo. Ficaram deliciosas! Decididamente, a cozinha mexicana é mesmo uma das nossas favoritas, senão mesmo a favorita de ambos.
 
Ainda no sábado, o M. fez uma sobremesa, uma tarte de chocolate negro, retirada de uma antiga revista da Continente Magazine, mas não lembrei de tirar foto e o resultado final não foi o que esperávamos. Não será para voltar a repetir...

...

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Wine up

Some slogans / phrases / feelings I just love
 
 
 
 
Seriously, think about this... it's weekend 😉

Da lua-de-mel #11

Último dia no Sri Lanka e, para não variar, acordar cedo, às 6h40 - tomamos um excelente pequeno-almoço no hotel, vamos buscar as nossas coisas ao quarto e seguimos para a Rock Fortress, uma subida que se fez muito bem, apesar de ser debaixo de um céu totalmente azul e com um sol abrasador (ainda bem que fomos de manhã, sempre é ligeiramente mais fresco). Do topo, uma fantástica vista de 360º. Descemos e saímos por outro sítio, passando por várias bancas de artesanato. Paramos numa das bancas e decidimos finalmente comprar uma máscara tradicional, mas não sem antes regatear o preço, e claro para isso cá está a cigana - passa de 3600rp para 2000rp, ou seja, de 22€ para 12€. 
Ainda de manhã, seguimos viagem para Colombo. São 5h de viagem, devido ao trânsito. A caminho, paramos numa banca, mesmo à beira da estrada. Comemos um roti muito, mas mesmo muito, picante e, para piorar, o Asela ainda nos oferece um chá bem quente, o que faz sobressair ainda mais o picante do recheio do roti.
Chegamos a Colombo pelas 15h. Vamos até à Olanka Travels, a agência de viagens. A Ashani fez questão que fossemos conhecer toda a equipa. Fomos muito bem recebidos, todas as colegas e chefe extremamente simpáticas. Oferecem-nos uma moldura com fotos nossas da viagem e ainda um elefante porta-canetas muito giro. Tiramos algumas fotos e despedimo-nos da Ashani pois não a voltamos a ver. Muitos abraços e beijinhos e acabamos os três por ficar com a lagriminha no canto do olho.
O Asela leva-nos até ao nosso hotel, o Saphire. Deixamos as coisas no quarto e saímos para dar uma volta pelas redondezas. Almoçamos num restaurante perto (o único por ali) e comemos um último kottu. Regressamos ao hotel. Tomamos banho, arranjamos as malas e descansamos um pouco até à hora de jantar. Jantamos mesmo no hotel.
Às 21h, o Asela vem buscar-nos para nos levar para o aeroporto que ainda fica a cerca de 1h do centro de Colombo. Despedimo-nos dele e agradecemos toda a sua simpatia e disponibilidade. Chegamos com bastante antecedência ao aeroporto, pois o nosso voo apenas parte à 1h30 da madrugada. 
And that's another day of aiports...
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
video
06.10.2016