sexta-feira, 28 de abril de 2017

Hello sweety

Dia do Sorriso

Sorrir e Rir é o melhor que se pode fazer para exercitar a alma, o espírito e até alguns músculos. Sejam bem dispostos que a vida são só dois dias - um é para rir e o outro para sorrir.
😃Sejam Felizes😊
 
 
 
 
 
 
 

Cozinhados #22

E quando se tem um desconsolo às dez da noite e não tens uma bolacha sequer para acompanhar com um chá bem quente, o que se faz? Desespera-se? Não. Desiste-se? Não. Fazem-se as nossas próprias Bolachas de Aveia e Banana! Ficam prontas em apenas 15 minutos. A preparação foi 5 minutos apenas, pois é só juntar os poucos ingredientes, e estiveram no forno 10 minutos. Não vou dizer que são umas bolachas mega fantásticas e super deliciosas, mas são muito boas, saciantes e, acima de tudo, muito saudáveis, ideais para acompanhar um chá ou para um lanche a meio do dia com um iogurte. A receita é tão simples que vos deixo aqui abaixo, além das habituais fotos. 
Ingredientes:
100gr de flocos de aveia
1 banana esmagada
1 ovo
1 colher sopa de mel
1 colher sopa de canela
1 pitada de sal
Preparação:
Misturar tudo com uma vara de arames. Forrar o tabuleiro do forno com papel vegetal, dividir a massa em pequenas porções e levar ao forno pré-aquecido durante 10 a 12 minutos. Dá para cerca de 10 bolachas.
 
 
 
 

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Feriado = Liberdade

No feriado em que celebramos a liberdade, aproveitamos para simplesmente relaxar e estarmos por nossa conta. Liberdade de acordar tarde, tomar um bom pequeno-almoço e depois sairmos para café a dois. Almoço bom em casa, seguido de jardinagem a dois, com muita erva para arrancar. Para finalizar o dia, nada melhor que abrir a época do churrasco. Já a três, foi um final de tarde muito bem passado no jardim, entre brincadeiras, umas minis e uns amendoins, musiquinha e conversa boa. Família feliz com um churrasco improvisado e bem saboroso. Let the season begin...
 

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Do fim-de-semana #16

Um fim-de-semana que começou da melhor maneira, com um jantarinho a dois, seguido de uma comédia em forma de teatro, com o "Filho da Treta". Foi literalmente de chorar a rir!
Sábado, com um lindo dia, levamos as crianças "a banhos" às Sete Cidades. Muito se divertiram a brincar na água, um com os camiões e a outra com os paus. No fim, ambos encharcados, mas muito felizes e cansados.
Domingo, com outro dia de sol, foi tempo de passeio e mais brincadeiras na praia.
Resumindo: foi um fim-de-semana daqueles bons e com tempo de primavera a ajudar, em que ainda houve tempo para colheita de espinafres, salsa e flores frescas, e ainda de aproveitar o sol no nosso jardim.
 
 
 
 
 
 
video

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Cozinhados #21

Aproveitando o fim-de-semana da Páscoa, aventurei-me em mais uma receita tipicamente portuguesa - o Folar de Páscoa (neste caso, fiz folar doce). Gosto muito de massa sovada e, aproveitando a época que se aproximava, pesquisei por folares doces, até que encontrei esta receita do Chef Hernâni, também em vídeo. A massa em si é muito fácil de fazer, nada demais. O mais chato é mesmo o amassar, pois, ao contrário do que acontece com os bolos lêvedos, que consigo fazer sem pôr a mão na massa, neste caso, tive mesmo que amassar, e bem, com as mãos. O "problema" é que a massa, até ficar no ponto, o que só acontece depois de levedar, é muito peganhenta e pega-se muito aos dedos, tornando o trabalho de amassar um pouco complicado, mas lá se fez.
O folar ficou bom e bonito, embora ache que devesse ter que cozer menos do que o tempo indicado, e ainda tirei do forno antes do tempo terminar. Quanto à textura e sabor, este resultado final assemelha-se mais à massa do bolo rei do que propriamente à massa da massa sovada ou do folar a que estou acostumada, mas não foi por isso que não foi todo comido e muito apreciado pela família! E aventuras culinárias destas são sempre um desafio bem-vindo, que eu gosto é disto!
 
 
 
 
 
 
 
 
 

quarta-feira, 19 de abril de 2017

A nossa Páscoa

Foram três dias e meio em casa, em que metade deles estivemos só os dois, já que a cria ficou a dormir três dias em casa dos avós a matar as saudades.
Aproveitamos estes dias para descansar um pouco e namorar bastante. Passeamos com a nossa menina de quatro patas, fomos colher flores frescas e apanhar espinafres e salsa, fomos até à Gorreana, beber um chá e comer um gelado. Visitamos ainda a zona da plantação do chá, onde fomos surpreendidos por muitas, mas mesmo muitas, cabras (juro que nunca tinha visto tantas juntas ao vivo), que andavam por lá no meio das plantas a alimentarem-se das folhas do chá. Aproveitamos ainda para nos aventurarmos na cozinha e fazer uns cozinhados novos e diferentes.
Já com o nosso menino, no sábado, fomos os dois, com amigas, ao Teatro Micaelense, onde participamos no Laboratório Electroacústico de Experimentação Sonora, que terminou com uma enorme Caça aos Ovos - a parte favorita do Diogo.
Domingo de Páscoa, almoço em nossa casa com os meus pais, com direito a mais uma Caça aos Ovos, e jantar em casa deles com o resto da família. Dia de comer bem e de estar com a família. Triste ficou o Diogo quando percebeu que a Páscoa é só um dia, mas feliz por ter tido tantos e tantos ovos de chocolate e quase todos com surpresas no interior.
Dias bem passados, com bom tempo para passeios, mas também com alguma chuva, a suficiente para ficar em casa no belo descanso.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
video
video
video